Miomas uterinos: O que são, sintomas e tratamentos

Muitas mulheres que apresentam miomas uterinos costumam descobrir a existência deles a partir do resultado de exames ginecológicos de rotina, porque, em muitos casos, não apresentam sintomas. Geralmente, não representam riscos à saúde, podendo ser controlados com o uso de medicamentos ou, em algumas situações mais avançadas, removidos por cirurgia.

Entenda o que são os miomas uterinos, conheça os tipos existentes, seus principais sintomas e formas de tratamento.

Muitas mulheres podem apresentar miomas uterinos e nem sabem devido a falta de sintomas

O que são miomas uterinos?

Os miomas uterinos são tumores benignos que se formam no tecido muscular do útero. Por vezes, a mulher não sabe que tem o mioma até que seja detectado por meio do exame de ultrassonografia, mas, em outros casos, pode causar desconfortos e até mesmo dificuldades para engravidar.

Embora não se saiba exatamente por que os miomas aparecem, a presença deles pode estar associada à multiplicação de forma desordenada das células do tecido muscular do útero, levando ao aparecimento do tumor. Um dos motivos para essa desordem são as alterações hormonais da mulher, que costumam acontecer durante a vida adulta até a menopausa. Por isso, mulheres que fazem terapia de reposição hormonal têm mais chances de desenvolver miomas.

Outros fatores de risco são: mulheres que não tiveram filhos, obesas, com histórico familiar e que tenham uma alimentação rica em carnes vermelhas e pobres em vegetais.

Tipos de miomas

Subseroso: o mioma se desenvolve na parte mais externa do útero;

Intramural: o mioma aparece dentro das paredes do útero;

Submucoso: o mioma surge dentro da cavidade do útero.

Principais sintomas

  • Dificuldade para engravidar;
  • Aumento do fluxo menstrual;
  • Sangramento fora do período menstrual;
  • Dor durante a relação sexual;
  • Dor abdominal;
  • Cólicas;
  • Dor lombar;
  • Aumento da vontade de urinar;
  • Prisão de ventre.

Como é feito o tratamento dos miomas uterinos?

O tratamento para miomas uterinos é indicado para os casos que apresentam sintomas intensos, com dor ou aumento do fluxo menstrual ou dificuldades para engravidar. Porém, a forma de tratar pode variar de acordo com o tamanho do mioma e a intensidade dos sintomas, podendo ser recomendados anti-inflamatórios, remédios hormonais, suplementos de ferro e até mesmo cirurgia para a remoção do mioma, para os casos mais avançados.

Lembre-se: é muito importante realizar os exames ginecológicos pelo menos uma vez ao ano. Porém, caso apresente um dos sintomas apresentados acima, procure ajuda médica para o diagnóstico e, se preciso, iniciar um tratamento adequado.